Crueldade

Vou colar um trecho de um texto sobre um documentário, extremamente cruel.

Primeira Denúncia (Coréia, Austrália, Inglaterra, China):
O Documentário a seguir foi feito apartir dos relatos de um investigador que focou a China, considerada a maior fornecedora de peles de CÃES E GATOS.
“Em um restaurante, o investigador assistiu quando um cão foi tirado do saco. Os outros foram deixados presos, sobre um chão gélido. A cada cão que era retirado e morto, os outros podiam ouvir seus gritos e choros. De acordo com o investigador, o primeiro cão reagiu como qualquer outro que tivesse sido libertado: ele demonstrou sua confiança abanando o rabo. O abanar do rabo parou quando o açougueiro o pendurou com um fio de metal, de forma que ele quase não conseguia se mexer. O cão começou a entrar em pânico e tentar escapar. Mas o açougueiro levantou a pata traseira o golpeou na virilha O sangue começou a jorrar. O cão uivava de dor e se debatia mais. A cada movimento, o fio cortava seu pescoço.
Depois de alguns minutos (…) o açougueiro começou a tirar a pele. Quando se achava que esta cena já estava suficientemente horrível, ela se tornou pior. Um investigador reportou que ele viu cães sendo esquartejados que ainda estavam conscientes quando o escalpo começou. E investigadores filmaram um Pastor Alemão piscar os olhos enquanto tiravam sua pele.”
Um pastor alemão em Harbin (China) é amarrado a uma grade com um uma corrente e depois é furado na virilha. Seu sangue corre sobre a neve. Quando a pele começa a ser retirada, o animal pode ainda estar vivo e consciente. Sua carne é vendida para restaurantes e sua pele, para o
mercado global de comércio de peles.

Anúncios